Relacionamentos…

Relacionamentos!

Assunto sempre presente no dia-a-dia de jovens adolescentes, adultos e idosos. Observei que esse tema tem inclusive se destacado entre os de maior interesse entre as pessoas que votaram na enquete do Gente com Gente.

Mas afinal, o que é relacionamento?

relacionamento_aperto_de_maoAntes de discutir o tema, é importante esclarecer o que é relacionamento. Relacionamento diz respeito ao todos tipo de contato humano. Relacionamento chefe-funcionário, relacionamento entre locatário-inquilino, relacionamento entre colegas de trabalho, entre amigos, vizinhos, familiares inclusive, relacionamento entre um casal.

Discutir a relação se tornou um jargão entre muitos grupos sociais, que já não dão ao termo a devida importância, apesar dele persistir nas conversas informais, gastar créditos e créditos do celular e consumir noites de sono mal dormidas. É quase impossível viver sem relacionar-se! E porque os relacionamentos são tão complicados?

Por que os relacionamentos são tão complicados?

Simplesmente porque nos relacionamos com gente. Pessoas tem humores instáveis, emoções que nem elas mesmas conseguem compreender, quanto menos, verbalizar. Carinho, raiva, compaixão, insegurança, ansiedade, agressividade e tantas outras emoções coexistem dentro de nós, sem que saibamos exatamente de onde elas surgiram e a força que elas ganham em nosso interior.

O auto-controle é apenas um dom das máquinas e mecânismos mecânicos, que felizmente, não se aplicam aos seres humanos. Talvez seja esse o motivo de sermos, ao mesmo tempo tão interessantes e tão difíceis de compreender. Precisamos ensinar às pessoas com que convivemos e nos relacionamos, como é o nosso “manual de instruções”.

Relacionamentos turbulentos, por que sempre acontecem comigo?

Precisamos nos compreender, entender primeiro nossas inter relações e conexões internas, para depois ensinar aos outros como funciona nossa programação. Eu acredito que esse é o ponto mais difícil, porque é um exercício solitário que requer instrospecção e disciplina.

Mas a boa notícia é: quem consegue fazer isso, consegue também separar melhor emoções, anseios e culpas do Eu e do Outro e vivenciar relacionamentos mais plenos, mais harmonicos e menos turbulentos. Se você é daqueles que, como todo mundo diz, não tem sorte e tudo dá errado na sua vida porque alguém sempre atrapalha o seu caminho, fique atento.

Será que você não está misturando o Eu e o Outro como se fossem uma coisa só????

Imagem por veja.abril.com.br

Leia também:

Texto por Fernanda Suguino. Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida com citação obrigatória do link de origem.

Anúncios

Autor: Fernanda Suguino

Fascinada por gente que pensa, questiona e desafia a si mesmo. Psicóloga formada pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em Psicopatologia pela NAIPPE/USP.

7 comentários em “Relacionamentos…”

  1. e voce acaba se entregando…de cabeça no relacionamento…acho q como a maioria das mulheres… e que está vivendo um momento inesquecivell…e está mesmo.. mais a pessoa ao seu lado não esta na mesma “vibe”…
    e com alguns anos e meses…isso termina…
    doloroso…passa um filme na cabeça… voce escuta as musicas de qnd vc estva junto…
    é tudo uma confusão que vem e demora a passar….

    Ps: mtu bom o seu site…

    Curtir

    1. Nah,
      Isso acontece com todo mundo, pode ter certeza. O mais importante é não se tornar refém do sofrimento e compreender que a vida é mais do que um relacionamento mal sucedido. Há amigos, familiares e um mundo inteiro aberto para nos ouvir e amparar. Basta que a gente possa levantar um pouco a cabeça, olhar para o horizonte e descobrir que não estamos sozinhos.
      Abraços
      Fernanda

      Curtir

  2. É sempre assim… quando tudo parece perfeito, de repente, surge a outra face e você descobre que a outra pessoa também tinha, além daquela carinha de anjo, um lado fera que ela tinha esquecido de mostrar.
    Por quê?

    Curtir

    1. Marina,
      Quando a gente conhece alguém há pouco tempo, a pessoa parece a melhor do mundo. Mas depois de um tempo é que a gente pode conhecer a pessoa melhor e ver quem ela realmente é. Dica: espere um pouco mais antes de dizer se ele é ou não o homem da sua vida. Observe-o nas situações mais simples, como ele trata a garçonete, um colega do trabalho ou um desconhecido na rua. Analise antes de entrar de cabeça em um relacionamento e se frustrar por ter tido uma atitude impulsiva. Calma!
      Abraços
      Fernanda

      Curtir

      1. Boa Noite Fernanda !!! Sou ex aluno sera q lembra de mim ?? Eu sempre te falava para nao me psicogolar nas aulas kk rs . ken sou eu ?? kk Brincadeira é claro, relacionamentos sao mesmo complexos mas tem os bem sucedidos, eu por exemplo namorei por 10 anos e agora ja estou com 3 anos de casado lua de mel total . vlws .

        Curtir

      2. Olá!!!!! Fico super contente em saber que relacionamentos dão certo e que vocês estão felizes. Parabéns pelo casamento! Pessoas como você inspiram outras a continuar tentando encontrar um par para dividir sua vida.
        Um super abraço
        Fernanda

        Curtir

Você também já passou por isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s