Fim de relacionamento? Saiba como superar a dor

término de namoroFim de relacionamento é um desses assuntos que a gente poderia conversar por horas. Por isso, vou organizar por partes, para não ficar tão longo.

Imagem por silentdevotion.cyncardoso.net

Parte I – Quem nunca chorou por amor?

Relacionamentos nem sempre são complicados, mas também não são a coisa mais simples do mundo. Quando o assunto é relacionado a namoro, casamento ou parceiro amoroso, a gente sempre fica mais sensível. Assuntos do coração são capazes fazer qualquer um derramar algumas lágrimas. Quem nunca chorou por amor?

Claro que muitas vezes, o motivo desse choro é a dor que o amor provoca na gente. E por esses assuntos, é comum que a gente chore baixinho no cantinho do quarto com a porta fechada. Basta a gente conhecer alguém um pouco melhor e sobre amor, frustrações e sofrimento, todo mundo tem, sempre uma história para contar.

Mas nada como um ombro amigo para a gente colocar para cima quando estamos nesses momentos difíceis. É normal não termos vontade de fazer nada, de ver ninguém e de ficar quietinho no nosso canto, preso aos nossos pensamentos e fixado nas nossas lembranças.

O que fazer com a tristeza do fim de um relacionamento?

garfieldMas quando um relacionamento termina, evite ficar em casa sozinho, olhando para aquelas fotos de vocês dois juntos, relendo as cartas do seu (ex) amor ou relembrando cada situação que passaram nesse tempo todo. Isso só faz a gente se sentir ainda pior.
Imagem por sabrinamix.multiply.com

Também não estou dizendo para fingir que nada aconteceu, afinal, um relacionamento é parte da nossa vida e representa lembranças não só do outro, mas também lembranças suas que podem durar o tempo que você quiser. Chorar é inevitável, mas chorar por horas, por dias ou por semanas não vai trazer o seu amor de volta.

Como reorganizar sua vida e sua cabeça sem piorar ainda mais as coisas?

E se o relacionamento acabou, a gente tem que tentar entender o motivo antes de reações impulsivas como telefonar ou escrever e-mails descarregando caminhões de culpas. Com certezas tiveram coisas boas e coisas ruins. Tente se lembrar do que foi bom e, apesar de tudo, muitas experiências valeram a pena, não valeram?

humor_natura_namoro

Se as coisas não andavam bem, se vocês brigavam toda hora por qualquer coisa, também é um sinal de que não estavam bem juntos. Repense se não ficou nada por dizer, se não esqueceu de nada que devesse pedir desculpas. Pense antes de falar. Nesses momentos, acabamos dizendo o que vem na cabeça, no calor das emoções e podemos acabar por piorar as coisas com ofensas e desrespeitos.

Se livrando da mágoa e do que não foi dito

O primeiro passo é ficar com a consciência limpa e tranquila de que fizemos tudo o que devíamos. Se você está passando por isso, pense se você já fez isso?

O que você faz quando alguém que você realmente gostava diz que não te quer mais?

Sim, acredite, ainda depois de tudo isso podemos ver a vida de um jeito diferente! Confira aqui um exemplo que pode ajudar você a superar a dor.

Ver também:

Texto por Fernanda Suguino. Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida com citação obrigatória do link de origem.

Anúncios

Autor: Fernanda Suguino

Fascinada por gente que pensa, questiona e desafia a si mesmo. Psicóloga formada pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em Psicopatologia pela NAIPPE/USP.

20 comentários em “Fim de relacionamento? Saiba como superar a dor”

  1. Entao comecamos com uma amizade de depois foi se tornando mais forte ate o ponto de ficarmos juntos foram três meses ótimos sem briga so amor , foi minha primeira namorada seria ela virou meu tudo amiga mulher mais de uns dias pra ca houveram problemas nas nossas vidas e isso fez com que nos no separasse ai começaram vir as brigas teve horas que ela precisou e eu não estava no lado dela e isso mim culpa muito …uma noite ela me ligou chorando e disse que me amava mais não dava certo mais …passado algumas horas ela ligou e disse que era pra esquecer tudo porque eu era o amor da vida dela….seguimos em diante e não tivemos esse tempo separados todos os dias nos se falávamos era começou a ficar fria comigo e eu com ela e faz uma semana que tivemos uma briga e terminamos me sinto muito culpado por tudo acho que não dei a atenção necessária pra ela devido ao meu trabalho e problemas …passado 4 dias não liguei pra ela e no quinto dia ela me ligo duas vezes e não atendi isso doi muito que estou sofrendo como nunca porque a amo muito minha vida agora ta um vazio no trabalho em tudo …me ajudem amigos não sei o que fazer …..ai esqueci ela falou pra minha irma que terminou comigo porque num momento de raiva fui beber …e isso ah deixou magoada porque o irmão dela morreu por causa de bebidas alcoolicas minha vida ta sem rumo não procurei ela ainda pra saber o verdadeiro motivo e estou me acabando aos poucos com isso porque não sei se a procuro pra tentar entender o que aconteceu ou devo esquece-la que sera muito difícil…

    Curtir

  2. Estava namorando e meu ex comecou a falar coisas estranhas, ele me tratava mal me ignorava sabe, e isso ia me maguando muito, do nada no dia 31 de abril ele veio dizendo que estar cansado dessa vida que queria que isso acabasse que ele não aguentava mais, ele terminou comigo dizendo que eu vivia no pé dele e que isso era a maior raiva dele, eu nao entendi porque ele acabou com tudo isso com todos os meus sonhos, sabe, faz 2 dias que nao falo com ele, e parece uma eternidade eu fico escrevendo coisas como se eu tivesse falando com ele. Parece que essa dor não passa sabe, doi mais ainda saber que ele terminou comigo por isso, tipo a gente tava a 2 anos e 2 meses ele era tudo pra mim, a gente fazia planos e mais planos antes de dormir sabe, nos dois planejamos uma vida toda juntos. Ele não quer me ver e nem falar comigo ele quer me esquecer, talvez eu me sentiria melhor ou tentaria ficar melhor se ele me dissesse porque ele acabou, aonde eu errei? Eu me dediquei em tudo tentei ser a melhor namorada e agora eu to aqui sozinha e muito mal no fundo do poço ! bj

    Curtir

  3. Conheci meu ex em uma festa e nós identificamos desde o início, saímos e começamos a namorar . Brigávamos por ciúmes, cigarro e mentiras no começo . Só que um dia ele chegou e me disse que ia embora , mudar de pais e viver por dois anos, plano que ele me disse que tinha desistido a anos. Terminei o relacionamento e no mesmo dia liguei pra ele desesperada, com a maior solidão e dor que eu já tinha sentido. Ele veio e eu só chorei e perguntei o porque daquilo, porque mentir pra mim e ele falou que não queria me perder, mas ele tinha mudado de idéia e achva que morar fora do pais era uma ótima chance e ele não poderia perder só por causa de um relacionamento que se terminássemos um dia ele se arrependeria demais.Continuamos nos vendo e resolvi voltar com ele, mas um dia perguntei se realmente ele queria esse relacionamento a distância , sendo que nunca ficamos tão longe, se ele acreditava que daria certo. Ele me disse que só não queria me ver sofrer. Continuamos, brigamos pelo mesmo motivo e ele sempre falava que eu era a pessoa certa no momento errado, e que não queria que eu sofresse. E eu perguntava se ele queria terminar e ele dizia que não mas que só me dizia que nao que era o que ele queria emas que não queria me ver sofrendo. Agora ele terminou comigo, e a dor está muito muito forte porque eu o amo muito, e dói muito imaginar que ele não vai estar do meu lado, que pode ser feliz sem mim, que não se importa o mesmo tanto que eu. Já tentei sair com os amigos, pra balada, filme, casa sozinha, mas não consigo faZer nada .meu momento de felicidade é quando durmo e acordo e acho que ainda estamos juntos , mas a realidade vem logo a tona, o que eu faço? Vocês que passaram por coisas mais difíceis, como a gente lida com isso, quanto tempo dura, o que fazer pra diminuir esse tempo

    Curtir

  4. Com o tempo a dor supera-se, + o tempo é smpre tempo ñ s sbe até qndo este tempo vai durar pra superar. Até m pergunto prq é q as pessoas ñ valorizam qem realmente nos amam? E prq é q vmos a vida como um rascunho? Amor ja ñ tem valor nas pessoas.

    Curtir

    1. Lucas,
      o pensamento do dia foi dedicado a você!
      “Um navio atracado em um cais está num lugar seguro, porém, essa não foi a razão pela qual um navio foi construído.” (John Shedd)
      Encontre o seu propósito e verá que tudo passa a fazer mais sentido. Seja você, independente do que as “pessoas” pensam. Você verá que quando se faz algo com paixão e determinação, as “pessoas” se apaixonam por você, pela sua força de vontade e pelo seu caráter. Beleza não é critério mais importante para que um relacionamento seja duradouro. Acredite nos seus princípios. Mesmo se esse esforço seja valorizado apenas por você, ele jamais será em vão. Afinal, VOCÊ é a pessoa mais importante da SUA vida (ou deveria ser).
      Sim, navegar é preciso. Não fique atracado no cais.

      Curtir

  5. Sim, acreditem, o tempo é o Senhor da razão. Passado um tempo, as feridas cicatrizam, os ressentimentos se amenizam e a vida encontra novos sentidos e significados que nos impulsionam a seguir em frente.
    Passado um tempo, passei para saber como vocês estão? Mandem notícias!

    Curtir

  6. É muito ruim ver quem gostamos ir embora, ir para um caminho diferente daquele que planejamos ou desejamos, ainda mais quando tínhamos a certeza que jamais iriamos precisar nos despedir daquela pessoa.
    Dói, e dói muito, a saudade e as lembranças são as únicas coisas que nos restam, e que nos torturam. Lugares, momentos,
    objetos, tudo parece nos machucar, e nos torturar, como se o intuito fosse nos mostrar como era bom aquilo, aqueles momentos, aquela pessoa.

    Devemos sempre nos lembrar que tudo na vida passa. As lembranças que hoje machucam, amanha serão apenas: “boas lembranças”.
    Na vida a gente ganha, e a gente perde. Faz parte.

    Não temos o controle sobre as pessoas (graças a Deus), por isso não adianta se remoer e se entregar a algo que não irá voltar, tentar voltar ao passado, se perguntar onde errou, ou o porque disso ou daquilo, isso apenas o envenenará mais, e nada mais.

    Aceitar que pessoas são diferentes e que portanto, pensam diferente, que amamos e nem sempre somos amados, que precisamos deixar
    o passado no passado, e abrir espaço para novas lembranças, é a mais difícil das aceitações.

    Não deixamos de gostar, não deixamos de amar simplesmente querendo. Por mais que a pessoa nos machuque e que temos a consciência de
    que oque foi não voltará, continuamos a gostar e ter um apreço por essa pessoa. Isso é o mais Genuíno do amor.
    Esse amor deve ser preservado, pois é oque nos move e nos motiva, mas que infelizmente já não atende aquele coração e deve ser direcionado para outro coração. Para um novo amor.

    Não adianta apressarmos o tempo, a nossa recuperação. Não existe formula magica, remédio que nos tire essa dor, a única coisa que nos ajuda não tem
    pressa alguma de passar , essa coisa é o “tempo”, apenas ele irá nos ajudar a superar essa fase, irá amenizar a nossa dor e irá passar para que oque está
    no nosso caminho chegue.
    Algo que aprendi, é que não devemos mascarar nossos sentimentos, devemos nos permitir a sentir essa dor, oque obviamente não significa que devemos de nos
    trancar em um quarto escuro e nos entregar a dor e ao sofrimento. Devemos sentir de forma saudável e passar 100% por essa experiência.

    Na pratica, seria como nadar bravamente contra a correnteza do mar, ir contra a força do mar apenas irá te cansar e você perceberá que esta no mesmo lugar, quando não mais longe. Então ao invés de gastar seu tempo com braçadas desnecessárias, por que não tenta sentir a correnteza? E ir deixando a de lado, ir caminhando aos poucos, você perceberá que sairá do mar tão rápido quanto imaginava.

    Não se sinta um fraco, um rejeitado ou um incapaz. Sinta-se corajoso, e forte pois é muito mais feliz aqueles que tem lembranças, a aqueles que não possuem nenhuma.
    Apenas os que se arriscam a amar e a se entregar, passam por isso.

    Lembre-se: o sol irá brilhar novamente, e em breve, sempre após uma tempestade, vem a bonança, e sempre há alguém no nosso caminho nos esperando.

    Por ultimo:

    “Enterre os mortos, feche os portos e cuide dos feridos”.

    Curtir

  7. RESPOSTA PARA ANA:
    Oi Ana,
    Estava relendo o que escrevi ha um atrás e foi como se eu tivesse abrindo um livro voltando as paginas. O final dessa historia ainda está por vir, os capítulos a cada dia é escrito, porque minha vida continua, mas afirmo como toda a sabedoria adquirida, hoje sou uma pessoa melhor. Quando deixei esse comentário eu estava no fundo do poço, não me restava alternativas, então eu só tinha uma escolha: viver um dia de cada vez. Procurei ajuda na internet através de sites e literatura que me ajudaram muito a atravessar a tempestade ( vou te passar um link no final desse comentário), mas só fiz isso depois de 3 meses de solidão, desamparo, sentimento de auto-piedade, autodestruição…fiz muita coisa que não devia ter feito. Varias vezes liguei pra ele, pedindo que voltasse, falava que o perdoaria, passei a beber, fumar compulsivamente..e dormir. Chegava do trabalho, tomava banho e deitava na cama. Acordei muitas madrugadas, andava pela casa sentindo o vazio…perdi 15 quilos! Meus filhos sofriam comigo não conseguiam entender como alguém consegue perder sua auto-estima, sua identidade da forma que perdi.
    A virada aconteceu no dia 30 de dezembro, liguei pra ele, chamando pra uma conversa. Seria uma espécie de ponto final. Precisa tirar o ódio que me consumia, aquilo estava me matando.
    Ele concordou. Era a primeira vez depois de 3 meses que nos víamos. Eu queria respostas pra tudo aquilo, queria saber o por que…ele não soube responder apenas chorou e disse que era um canalha. Não sentia amor nenhum pela amante, mas tinha muita gratidão por ela porque estava ajudando ele financeiramente. Meu marido sempre foi muito ambicioso, estava abrindo uma empresa e me disse que ia me “ressarcir” de todo o mal que fez. Ana, você não faz idéia do ódio que deu…eu não reconhecia o homem que eu casei…não via nada, nenhuma característica…era difícil pra eu admitir que eu fosse cega. Era como se eu tivesse vivido minha vida toda com olhos vendados. Eu havia marcado um encontro na esperança de ouvir um pedido de perdão. Foi a partir desse dia que passei a cuidar da minha vida, eu não tinha escolha. Ele não queria voltar pra casa, era um canalha assumido…o que eu podia fazer… Passei a cuidar da minha vida por absoluta falta de opção.
    Decidi mudar. Passei a sair à noite, comprei roupas novas, cortei o cabelo, unhas sempre pintada…virei baladeira.muitas vezes na noite me sentia vazia, mas continuava a sorrir.aprendi a sorrir fingindo ser alegre. E vivendo um dia de cada vez. Conheci homens maravilhosos, (sim, namorei pra caramba) mas nada sério, eu não queria entrar em nenhum relacionamento,no terceiro encontro eu já descartava. …eu estava mais bonita. Muitas vezes quando eu estava pronta pra sair meu filho dizia que eu estava linda!! E sabe.eu estava mesmo. Não ligava mais pro canalha, não queria saber da vida dele.
    No mês de fevereiro, ele me liga perguntando se podia ir até minha casa. Eu respondo que sim, (soube que ele estava passando por sérios problemas na empresa).
    Queria ser meu amigo, falou que eu era muito forte, e nos momentos difíceis só lembrava de mim…respondi que se precisasse, podia contar comigo, mas ele só estava tendo a resposta do que tinha feito.
    Bom, pra não alongar mais ainda esse depoimento, hoje ele esta sozinho, falido e morando com a irmã. No meu aniversario ele foi à minha.queria comemorar…mas…eu estava lindamente arrumada, quase de saída, pronta para comemorar com meu novo “ficante”. Eu já o perdoei, mas não me esqueci do que fez. Só colhemos o que plantamos e acho que ele ainda tem muita colheita pela frente. . Quanto ao sentimento…acho que sempre vou amar o homem que eu idealizei…não ele. Hoje eu vivo a minha vida, aprendi a ser feliz sem ele, entendi com eu dava poder demais a ele sobre mim, e tirei esse poder.
    Ele quer muito voltar pra casa…eu acho é graça!
    Cada um sabe da sua dor, e nessas horas conselhos pode não ser bem vindo. Mas se você tiver passando por algo parecido acho que posso te ajudar.
    1 – não procure por ele, não se rasteje.só vai te fazer mais humilhada.
    2- faça tudo que for possível pra manter distância ( sei que é difícil, mas funciona)
    3- viva um dia de cada vez.
    4- peça força a Deus, entregue sua vida nas mãos do Senhor, você vai ver como coisas estranhas e maravilhosas irão acontecer.
    5-se não pode conseguir ajuda de um terapeuta, recorra à literatura de auto-ajuda (ajuda mesmo, pode crer)
    6_ cuide-se, (cabelo arrumado, unha pintada, academia, caminhada..fique linda pra você..se não por vaidade mas como exercício de amor próprio)
    7- mesmo destruída, não demonstre tristeza. Abra um sorriso. Se quiser desabafar somente com alguém de sua confiança. Isso evita comentários.
    8-não tenha pena de si.pode ter certeza que você é mais forte que isso.
    9_ por mais que você duvide, acredite, tudo isso vai passar. E tenha total certeza que fará de você uma pessoa bem melhor.
    10- eu não sei da sua situação financeira.mas se puder, faça uma viagem.de preferência sozinha ou com uma amiga divertida. (eu fiz isso e nunca me diverti tanto na minha vida)
    11- procure um foco..um curso …qualquer coisa que você sempre teve vontade de aprender…( to com mania de reciclar..fiz curso de artesanato…não posso vem um lixão…rsrsrs).
    vou te passar uns links :
    direcaoespiritual.blogspot.com.br
    12compartilhar.blogspot.com
    Torço por voce.
    Um grande abraço.

    Curtir

    1. Bom dia!
      Estava lendo o seu depoimento e me chamou atenção as palavras que disse.
      Estou passando por um momento muito dificil, acabei de sair de um relacionamento de 4 meses.
      Os sentimentos envolvidos nesse relacionamento, apesar de ter um curto espaço de tempo, foram intensos, de modo a acreditar que havia encontrado a mulher da minha vida.
      Faziamos planos, meus filhos a adoravam e ela me completava o vazio que outrora existia em mim.
      A mais ou menos uma semana, tivemos um briga feia, ela mentiu para mim (uma mentira inocente) e eu a julguei de uma forma injusta.
      Confesso que errei em meu julgamento, pois ela me mostrou pessoalmente ser uma pessoa de bom coração, apesar de até o presente momento não ter concordado com aquela mentira, pois quem diz uma mentira inocente, pode dizer uma mentira grave.
      Hoje sofro muito pelo arrependimento de tê-la julgado dessa forma. Ela diz que tudo terminou e que não deseja mais reatar nosso namoro, pelos motivos que envolvem ciumes, insegurança e mágoa de ambos os lados.
      Eu a amo muito, mas tenho que superar esse fim, pois dia após dia fico lembrando dos bons momentos que passei ao lado dessa pessoa.
      Encontrei em suas palavras conselhos importantes para superar esse momento!
      Obrigado!

      Curtir

  8. Enquanto escrevo observo uma folha murcha sendo levada pelo vento. por ironia, parece que o destino quer brincar comigo, me mostrou essa folha morta exatamente no momento que eu buscava palavras para dizer como me sinto. Fui casada durante 27 anos com o homem que era a razão da minha vida. Eramos duas crianca quando nos conheçemos, eu com 13, ele com 15 anos. me casei aos 17 tivemos dois filhos e uma vida cheira de altos e baixos financeiros. apesar da brigas eventuais, das noitadas que ele dizia passar com amigos, eu era feliz. talvez por ver minha mãe sofrer com um homem mulherengo de certa forma eu fechava os olhos para as suas infidelidades, dizia a mim mesma: é coisa de homem. Eu brigava mas depois ficava tudo bem, bastava um afago, um eu te amo e eu esquecia. tratava meu marido como um garoto travesso que fazia uma traquinagem. aconteceu que de uns quatro anos pra cá a nossa vida foi ficando insuportavel, as noitadas de antes transforoumou-se em fianis de semana inteiro, sempre com a desculpa que estava trabalhando, ou viajando a negócios. quando eu pedia explicação ele era gorsseiro, dizia que eu era louca que estava imaginando coisa…sinceramente eu não queria tirar a venda dos meus olhos, não queria admitir que ele tinha uma amante. no dia 20 de maio deste ano, após ele chegar tarde novamente explodi, arrumei as malas dele e pedi que ele dixasse minha vida em paz. hoje sei que essa atitude foi um alivio para ele, covarde como é, ele não tinha coragem de pedir a separação. depois desse dia pasamos a nos semanalmente, ele vinha na nossa casa, deixava o dinheiro da feira e saia. mas foi se aproximando mais, me chamava pra viajar, me levou a um motel..eu até pensei que a gente estava reconstruindo nosso casamento. falva pra mim que estava moranbdo num kitinete sozinho e quando fincaceiramente melhorasse sua situação voltaria pra casa. eu estava feliz e ansiosa para que esse dia chegasse por que queria minha familia, meu casamento, o grande amor da minha vida de volta. mas no dia 18 de setembro depois de uma ligação anonima descobri que ele estava morando com outra havia quatro meses. esse relacionamento tinha quatro anos e de tanto ele pressionar, ele fez por onde eu mandá-lo embora. agora entendo que ele me maltrava com palavras para que eu tivese essa tatitude porque ele é covarde. perdi o chão…fui atrás, descobri onde eles mopravam, dei escandalo…perdi a sanidade. foram quatro dias sem falar com ele,até que no quintyo dia eu ligeui para conversarmos. eu queria entender por que tanta covardia…ele somente disse: estou muito empénhado no meu trabalho e quando eu puder ligo pra voce.” ontem soube que ele falva mal de mim pra todo mundo dizia que eu era louca, alcoolotra ( tomo minha cerveja final de semana..no maximo 2), disse que era velha e ele queria coisa nova. falou que na casa da “atual mulher” só tinha amor e na nossa casa era só brigas. sei que brigavamos muito mesmo, por conta das farras e também por falta de dinheiro para pagar as contas, mas eu não merecia tanta humilhação. temos dois filhos: u rapaz de 18 e uma menina de 22. no mesmo periodo desse caso que ele mantinha, meu filho se envolveu com drogas, ele sempre ausente e eu lutando sozinha para tirar meu filho do vcio, digo não deixar que ele entrasse no vicio, graças a Deus descobri antes de ele se tornar dependente. muitas vezes liguei pra ele pedindo que me ajudasse com nosso filho e ele sempre indiferente. …estou morta..igual essa folha que o vento levou…minha vida perdeu totalmente o sentido…hoje faz 16 dias que tudo definitivamente acabou. perdi 6 quilos, estou magra, velha e profundamente deprimida. ontem meu filho me disse uma palavras que me emocionou muito. ele falou: mãezinha, a sra não é so minha mãe, é meu anjo da guarda..se a sra cair eu também caio, por favor continue de pé…mesmo curvada, por favor, não caia”…hoje de manha..olhando a venida movimentada onde passa muitos caminhoes tive vontade me jogar na frente de um que vinha..lembrei das palavras do meu filho e entrei rapidamente pra dentro do escritorio onde trabalho…mas tá sendo dificil. ..ele também nos deixou com dividas, não tenho como pagar um psicologo..ou psiquiatra ( acho que meu caso é loucura)…não sei o que fazer…não sei de nada…só quero dormir.

    Curtir

    1. Fátima,

      Acredito que essa seja a melhor maneira de resumir o que você está passando: “As vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas… O tempo passa… e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!” (Bob Marley)

      Acredite mais em você mesma! Pare de reviver o passado, saia de casa e descubra que o mundo não se resume a decepções e fracassos. Você já venceu muito, mas não desista de quem mais vale à pena neste mundo: VOCÊ!

      Acredite, você consegue!

      Um super abraço

      Fernanda

      Curtir

    2. Fatima, eu também estou passando por um momento muitissimo dificil de fim de relacionamento, mas vejo que o seu caso já aconteceu a 1 ano atrás. Por favor, poste novamente algo aqui pra que a gente saiba o que aconteceu com você depois de um ano. Isso pode animar muita gente.
      Grande beijo.

      Curtir

      1. Pensem que a vida é um ciclo e o fim é a etapa que antecede um novo começo. Outras portas se abrirão e novas oportunidades surgirão com o tempo. Mas como diz o Mito da Caverna, se você ficar de costas para a luz, olhando sempre para trás, viverá sempre num mundo de sombras e assombrações. Apesar da dor e da tristeza olhe sempre adiante. A vida continua… Entre na rotina, saia de casa, nem que seja apenas para ir ao trabalho, faça esporte, caminhe a pé. Tudo isso ajuda a retomar o norte que falta na sua vida. O sol brilha todos os dias, mesmo que algumas nuvens nos impeçam de ve-lo. Não desista!

        Curtir

  9. Eu particularmente ficaria com muita raiva, mas pensaria na situação e levaria adiante, por mais que eu sofresse. E com tudo isso, também entenderia a decisão da pessoa que estaria comigo. Hoje em dia estou vivendo uma situação, mas é ao contrario – Eu terminei com ele, e ele jura que me ama, mas o sentimento que eu tinha por ele, acabou de uma hora para outra. Foi muito ruim o que passei com ele nesses últimos 3 meses. Sempre me evitando, me ignorando, saindo com amigos e não confiava em mim. Agora ele viu o que ele perdeu, e pede para que eu volte pra ele… Mas o meu coração não e o mesmo. Moramos ainda juntos, mas como amigo, e tento viver isso como nunca tivesse acontecido entre nos dois.
    O relacionamento a dois é complicado!

    Curtir

    1. Rogério,
      Os relacionamento são a melhor maneira de fazer a gente entender que, nem sempre, razão e emoção andam na mesma direção, não é mesmo?
      Infelizmente, às vezes não há motivos concretos que justifiquem o fim do amor, mas ele simplesmente acaba. Melhor dizer a verdade e terminar o relacionamento do que iludir a si mesmo e ao outro. Mas as pessoas nem sempre tem coragem suficiente para levar essa decisão adiante, né?
      Valeu pelo comentário!
      Abraços
      Fernanda

      Curtir

Você também já passou por isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s