Como você reage depois do fim do relacionamento?

Um dia, ouvi de uma amigo uma frase que me acompanha até hoje e eu gostaria de compartilhar com você: “O tempo é o Senhor da razão”. O autor eu ainda desconheço, mas acredito que ela realmente faz muito sentido. Depois do fim do  relacionamento, a gente precisa de um pouco de tempo.

Parte II

Tempo para a gente, tempo para colocar as ideias no lugar, tempo para digerir o que passou e tempo para esquecer as mágoas. Quanto tempo? Isso depende de cada um e do quanto estamos afim de enfrentar tudo isso.

natura-humorImagem por naturaconsultorasandra.wordpress.com

Depois um que um relacionamento termina, poderíamos dizer que, em geral, há quatro tipos de reações possíveis:

A)     Fingir que não aconteceu nada e partir para outra o mais rápido possível

B)      Tentar se vingar do parceiro ficando com outra pessoa

C)      Generalizar homens ou mulheres, como se todos fossem iguais

D)     Chorar ou ficar isolado, sem vontade de ver ninguém

Não há reação certa ou errada, mas há pontos positivos e negativos em cada uma delas, que eu gostaria de analisar com vocês.

Reação A

Fingir que não aconteceu nada significa fugir do problema. Viver o luto do término de um relacionamento é importante para que a gente possa elaborar os sentimentos que passaram, analisar os erros e nos prepararmos para o próximo.

Reação B

Ficar com outra pessoa pode ser bom para a auto-estima, mas o ideal é que você procure alguém por vontade própria e não para se vingar do seu ex. Vingança não vai trazê-lo de volta, além de poder trazer ainda mais mágoas.

Reação C

Cada pessoa é diferente da outra. Generalizar as pessoas como se fossem iguais é tentar enxergar inconscientemente em outra pessoa, características do seu ex. Mas, claro que isso não é verdade e se fixar nessa ideia pode impedir-lhe de conhecer alguém novo, com as qualidades e defeitos que todos nós temos.

Reação D

Deixar de viver o passado é fundamental para retomar a vida e as atividades do dia-a-dia. Guarde as fotos, presentes e cartas em um local que fique bem longe do seu alcance e das suas vistas. Arrume-se e procure se ocupar com algo útil que lhe traga algum prazer. O trabalho, um curso ou alguma atividade voluntária pode ajudar bastante.

Claro que essas são apenas algumas possibilidades, que podem ocorrer juntas ou separadamente. Mas não se frustre se você não se encaixou em nenhuma delas. Cada pessoa é diferente da outra!

É comum que a cada experiência a gente tenha uma reação um pouco diferente. Aprendemos com o tempo a nos proteger e nos fortalecer da desilusão e da decepção que um rompimento pode trazer.

Contribua com a gente: Qual o tipo de reação você costuma ter quando um relacionamento termina: A, B, C, D ou nda?

Ver também:

Texto por Fernanda Suguino. Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida com citação obrigatória do link de origem.

Anúncios

Autor: Fernanda Suguino

Fascinada por gente que pensa, questiona e desafia a si mesmo. Psicóloga formada pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em Psicopatologia pela NAIPPE/USP.

8 comentários em “Como você reage depois do fim do relacionamento?”

  1. Faz 2 semanas que minha namorada terminou comigo “ex-namorada” temos uma história linda.
    Conheci ela com 16 anos, quando ela tinha 15. Não passou muito tempo e já começamos a namorar, pois tinha um problema.. Os pais dela não deixava ela namorar, nem ao menos falar com homens, e namoramos escondidos.. Por medo dos pais dela, ela terminou comigo. Mas sempre a amei. Nunca ficamos sem nos comunicar, conversávamos praticamente todos os dias por telefone. Nos tornamos amigos (Eis meu erro)
    Comecei a conhecer ela a fundo, e ela a mim.
    Quando eu tinha 17 anos quase 18 e ela acabava de completar 17 anos, voltamos a namorar. Porém também escondido, nessa época ela já podia sair as vezes, e isso facilitou um pouco. Como na vida nada é fácil, por pressão da família dela, ela terminou comigo de novo. Fiquei arrasado, um lixo.. Fiquei um tempo sem falar com ela, mas depois voltamos a ser amigos, grandes amigos. Quando ela completou 18 anos, começou a namorar um cara, e ela contava tudo para mim, e sempre a aconselhava, e ela também terminou com ele, ai pensei “minha nova chance” fomos conversando e ficando as vezes, até que ela completou 19 anos e eu 20, começamos a namorar, agora dessa vez totalmente diferente, com o apoio da família dela, amigos, todos.. E neste período sempre falamos que agora era diferente, ela me disse que sempre gostou de mim, porém eu sempre a amei, não consegui me relacionar com ninguém nesses intervalos de término. Era um namoro que tinha tudo para dar certo, muito amor, carinho e etc..
    Até que ela fez uma viagem de 1 semana, e tudo mudou.
    Ela me disse coisas horríveis de se ouvir, disse que não me amava, que voltou comigo porque eu persisti muito, e que, para não estragar a amizade voltou comigo, disse que está decidida e que é isso. Tentei reatar de todas as formas, mas nada consegui.
    Estou sofrendo muito, estou bebendo com frequência e fumando, coisa que sempre odiei, estou completamente fora de orbita, pois quero muito te-la de volta cuidar dela..
    Estou me tornando um alcoólatra, que para mim, é um refúgio para esta dor.

    Curtir

  2. entendi que o rumo da nossa vida depende das escolhas que fazemos. Então, decidi olhar pra frente e enfrentar a situação com minha cabeça erguida, por mais dificil q possa ser. Afinal, fiz tudo pra dar certo. Mas, não deu agora bola pra frente…

    Curtir

  3. Tem um més que meu namorado termino com migo foi um namoro de 3 anos e 4 meses não entendo os motivos. era um namoro com muito respeito, carinho poucas brigas mais com um fácil entediamento, de gosto muito parecidos no dia 22 de setembro foi meu aniversario ele se declaro para me como sempre falo que eu era a melhor coisa que Deus coloco em sua vida que me amava muito etc porem duas semanas depois me ligo falando que queria me ver que estava com saudades quando entro no carro veio o balde de água fria em minha cabeça ele falando que n estava feliz a um tempo que n estava satisfeito com o relacionamento que n estava bem queria poder fazes suas coisas sem se preocupar com migo falo que me amava muito que eu era a pessoa que ele queria em sua vida ai começou a chora falando que queria um tempo para ele e que eu entende-se como terminado na hora me sentir em um buraco vinha vida girava em torno da dele foi algo que nunca esperava pela forma que sempre vivemos nos 3 anos sempre com carinho sempre com muito amor o namoro n avia esfriado e acontecer isso. em fim tem 1 mês que tudo termino e eu continuo do mesmo jeito que do dia que tudo foi ao fim trancado em meu quarto, sem animo para fazer nada, sem me alimentar bem já perdi 8 quilos só faço chora ele me evita n me atendi as ligações não responde minhas mensagem e quando nos falamos ele fala que a cada dia que passa ele esta mais decidido e tem mais tido certeza que precisava esta só estol fazendo terapia ocupacional, terapia com psicologa e aulas de yoga + mesmo assim a melhora é muito pouco uma angustia no peito, uma saudade, um medo de perde embora já perdi situação chata esta tento fazer o mesmo que ele tem feito+ n consigo ele esta saindo se divertindo aparenta esta tudo ótimo como se nada estivesse acontecido e eu a que em meu quarto deprimido é como se o sentimento por me que durou por 3 anos ouve-se desaparecido por parte dele. não sei mais o que fazer para sair desta. não é a primeira vez que passo por isso e sei que n vai ser a ultima mais desta vez esta muito complicado.

    Curtir

    1. Olá Alcides,

      Momentos como este são sempre delicados. O luto é dolorido, mas de extrema importância para você se recuperar. Compreender o que levou o outro a terminar nem sempre é fácil, já os motivos são dele e não seu. Mas se culpar por isso também não traz o passado de volta. Então, o que resta é tentar entender o que você aprendeu com a experiência, observar erros que devem ser evitados no futuro e definir princípios que são fundamentais para você como transparência no relacionamento, sinceridade ou mesmo, liberdade. Felicidade tem significados diferentes de pessoa para pessoa. Pense que você só pode ser feliz com alguém se puder ser feliz sozinho. Relacionamentos saudáveis partem do pressuposto que cada parceiro é independente, apesar de compartilharem momentos juntos. Centrar a vida ao redor do outro faz com que a outra pessoa se sinta sufocada. Daí também vem a sensação de estar se sentindo sem chão. É como ter sido demitido sem justa causa, mesmo tendo a sensação de ter feito um bom trabalho.

      O tempo que esse luto vai durar, depende do tempo que você leva para reagir a tudo que passou. Ficar anestesiado e trancado no quarto só vai prolongar o seu sofrimento. Sair dessa depende do tempo que você levará para reagir a essa tristeza. Guarde fotos, bilhetes, cartas, e-mails e todos os objetos que relembram o que houve em uma caixa longe do alcance das mãos. Limpar o ambiente é como limpar o coração. Sair de casa, mesmo que não haja vontade ou motivos para isso, também é fundamental. Vá fazer uma caminhada, sentar em um parque, tomar um pouco de sol, observar árvores e passáros. O contato com a natureza ajuda MUITO.

      Tente retomar as obrigações simples da vida: trabalhar, fazer compras, arrumar a casa… Mexa-se, só assim é possível manter a cabeça um pouco mais ocupada. Lembre-se, o tempo é o Senhor da razão. Pare de bancar o detetive! Tente viver sua vida, evite seguir os passos do outro. Apague contatos do facebook, números de telefone do seu celular e coisas do gênero. Preserve-se! Você precisa de um tempo pra você!

      Um grande abraço

      Fernanda

      Curtir

  4. Doi. Dói bastante. Sai agora de um namoro de quase 7 anos. Nunca foi realmente bom. Amava (e ainda gosto mt) demais. Cometi muitos erros, trai ela bastante, mas nunca quis realmente fazer isso – mas como agir diferente com uma pessoa que parece não se importar com nada, nem com vc?Os erros que eu cometi eu só esperava um: “te amo”, “vamos mudar” , “vamos pensar juntos e construir algo mesmo solido”, que teria parado todos. Sabem o que é estar com uma pessoa que nunca passou estar feliz realmente por estar vc? Que vc é importante na medida em que a agradar? Que mesmo qdo. ela erra, vc que deve tentar arrumar as coisas? Acho que aceitei essas coisas todas por gostar demais dela e pouco de mim. Vc estar com alguém e se sentir sozinho é uma sensação terrível. Ela não se comunicava. Eu nunca sabia onde estava. Passei a vigiar os acessos eletrônicos dela para tentar ao menos saber onde eu me inseria na sua vida. A coisa só piorou. Vi ela se interessando por outro cara e que só não rolou pq eu intervi e o cara não insistiu. Fui completamente humilhado nisso, mas não acabei o namoro, embora a raiva que se seguiu tenha feito nada mais valer a pena. Eu olhava e via que ela o tempo todo vigiava a vida virtual do rapaz. E a minha? Olhava vez ou outra qdo não tinha o que fazer imagino. Ela morava fora, e eu sempre tentava estar com ela. Tentava ter um lugar no ap dela que eu sentisse como meu, mesmo um cantinho, e ela dizia que não dava que o ap era mt pequeno. E vivia a vida dela cmg sendo apenas um personagem secundário. E toda vez eu traia mais…Traia por raiva e, tvz, c algum desejo inconsciente de chamar a atenção, o que não ocorria, exceto qdo. ela passou a descobrir e aí a única atenção foi para terminar cmg se fazendo de vitima. Eu agi de algumas maneiras erradas. Fiz algumas besteiras qdo bebia e estava com ela, mas só esperava um carinho, um abraço que td se resolveria. Nunca busquem estar com alguém que vc não sinta que ela esta ali com vc, conectada, atenta, olhando os para o mesmo rumo, querendo estar c vc, e vc c ela, sempre que possível. Não achem que amar sozinho é possível. Não é. As pessoas podem até ficar juntas por acomodação, mas isso não vai durar demais e se durar não vai ser bom, pq quem não se importa em perder não trata de cuidar e sem cuidado não faz sentido. Dói. Dói muito. Mas acho que o que mais dói é saber que só dói no seu peito. Que toda a tristeza e decepção ficou com vc e que a outra pessoa saiu bem e pronta para assumir de logo uma nova história, e que vc foi só “tempo perdido”. Só me consolo em saber que essa dor é apenas um tempo e ela vai durar o tempo que eu fizer com que ela dure. Não tentem saber notícias, olhar em redes sociais, perguntar a amigos etc. Tente pensar que a pessoa morreu de verdade e que, por isso, ela não tem futuro visível para seus olhos. Vc vai se acostumar com isso, e qdo acontecer vc vai se perguntar: pq foi mesmo que eu fiquei assim?

    Curtir

  5. ta doendo tanto q nem consigo conversar com ninguem. estou me sentindo um lixo, inultil e descartada. Pra que esses encontros q tanta tristeza quando termina?

    Curtir

Você também já passou por isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s