As pessoas mais próximas nos magoam mais?

flor murcha no gentecomgenteA proximidade e a intimidade, como tudo na vida, também tem prós e contras!

Você já parou para pensar porque as pessoas mais próximas da gente sempre são também as que mais nos magoam?

As pessoas próximas nos conhecem melhor, não só no dia-a-dia, os nossos hábitos, manias e medos, mas também os nossos pontos fortes e fracos.

Sobre elas, as nossas expectativas também são sempre maiores e esperamos, talvez erroneamente, mais do que elas podem nos oferecer. E aí, claro, que vem a decepção!

Mesmo que vivenciemos a mesma situação com outro conhecido do nosso meio de convivência, a decepção é sempre maior, quanto mais próxima essa pessoa for de nós.

Faça o teste!

Para provar que isso, de fato, acontece, imagine que ao esbarrar com um desconhecido na rua, todas as suas coisas se espalham pelo chão, mas ele continua a seguir o seu caminho, sem prestar atenção na confusão que causou na sua vida, ainda que momentaneamente.

Pode até ser que, num primeiro momento, a gente fique com raiva. Pode ser que a gente xinge, grite ou faça alguma outra coisa do gênero. Mas depois de um tempo, esquecemos o que aconteceu e, ao voltarmos a pensar no assunto, bate até um certo arrependimento e chegamos até a nos perguntar o que teria deixado aquele desconhecido tão transtornado, a ponto de esbarrar com pessoas na rua e agir como se nada tivesse acontecido.

Agora, imagine a mesma situação com um amigo, familiar ou conhecido. Isso poderia abalar a amizade, gerar um distanciamento ou até dias de silêncio, até que a situação se esclareça. Não é mesmo?

Pois é, as pessoas próximas de nós são as que mais nos ajudam quando precisamos, mas também as que mais nos magoam, quando menos esperamos.

Infelizmente, não há o bom sem o mau, o melhor sem o pior e o amor sem o ódio.

Imagem por bethaterapeuta.blogspot.com

Texto por Fernanda Suguino. Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida com citação obrigatória do link de origem.

Anúncios

Autor: Fernanda Suguino

Fascinada por gente que pensa, questiona e desafia a si mesmo. Psicóloga formada pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em Psicopatologia pela NAIPPE/USP.

3 comentários em “As pessoas mais próximas nos magoam mais?”

Você também já passou por isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s