Por que tem gente que tem medo de crescer?

crescer no "gentecomgente"Quando a gente é pequeno, somos incentivados a falar abertamente tudo o que pensamos. Falar sobre os nossos sentimentos, as nossas impressões, a nossa opinião sobre tudo e todos. E como criança não mente, falar não basta, temos que dizer a verdade.

Mas, o mais contraditório de tudo isso, é o fato de que, com o passar do tempo, a gente tem que aprender a ficar em silêncio ou a manter distância daqueles que, até então, eram considerados parte da família, amigos ou até, parentes.

Imagem por insanarealidade.zip.net

ser adulto no "gentecomgente"Deixar de ser criança para ser adulto significa começar a entender coisas como estas!

Quando a gente se torna adulto, descobrimos muitas coisas estranhas no relacionamento entre as pessoas, que talvez nunca passaram pela nossa cabeça.

Imagem por pilaointenso.com.br

Descobrimos que a vida é um grande jogo de interesses, onde quem vence não é quem sempre diz a verdade ou quem sempre tira as melhores notas ou quem sempre faz tudo certo, como devia ser.

Daí, talvez, a decepção que muitos enfrentam quando, finalmente, se tornam adultos. Descobrimos que muitos castelos eram mesmo de areia e se desfazem com uma simples onda. Descobrimos que muitas fantasias de criança eram mentiras que foram contadas por pessoas em quem tanto confiávamos. Descobrimos que há coisa que é melhor a gente NÃO dizer.

medo de crescer no "gentecomgente"Ser adulto, significa conhecer o lado obscuro da vida e ser capaz de superar as marcas que tantas omissões, segredos e mentiras acabam deixando em nós.

Imagem por carlamoraes.wordpress.com

Ser adulto significa ainda ser capaz de rir dos problemas e se divertir com o dia a dia, apesar de todas as exigências que o “ser adulto” requer de cada um de nós. Ainda assim, são inúmeros aqueles que sonham em fazer 18 anos e, finalmente, serem maiores de idade!

Mas, só depois que esse momento chega é que podemos dizer como é fazer 18 anos e o seu real significado, não é mesmo? Como foi com você? Conte a sua experiência e ajude milhões de jovens a superar essa linha tão tênue e tão distante ao mesmo tempo.

Ver mais sobre:

Texto por Fernanda Suguino. Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida com citação obrigatória do link de origem.

Anúncios

Autor: Fernanda Suguino

Fascinada por gente que pensa, questiona e desafia a si mesmo. Psicóloga formada pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em Psicopatologia pela NAIPPE/USP.

41 comentários em “Por que tem gente que tem medo de crescer?”

  1. Tenho 18 anos, vou fazer 19, estou com medo de encarar a realidade.
    medo do futuro,cobrança,
    Responsabilidade,pois sou muito tímido e não sei lidar com mundo, gostaria que o tempo parace, ou não existir regras, ou até morar na terra do nunca,as vezes penso em voltar a ser criança.

    Curtir

  2. Eu tenho muito medo de crescer. Tenho quatorze anos, esse é um dos meus maiores medos. Simplesmente porque quando você cresce, tudo muda. Estamos por nós mesmos. Se juntar e conversar com os amigos não é a mesma coisa. Perdemos muitos amigos, alguns raramente encontramos. Isso me apavora, a ideia de que so tenho mais quatro anos pra aproveitar tudo isso. O tempo passa muito rápido…

    Curtir

    1. Giovanna,
      crescer não é mesmo fácil. Temos que enfrentar os nossos medos, muitas inseguranças, desafios e incertezas. Mas pense que, por outro lado, há muitas recompensas. Adquirimos maturidade, sabedoria, novos amigos, independência… Nem tudo é tão ruim quanto parece. Ter medo faz parte do processo, mas tentar congelar o tempo e se apegar ao presente com unhas e dentes também não é uma saída saudável. Algumas coisas ficam para trás no meio do caminho. É normal. Tente focar naquilo que você deseja para você, identifique seus princípios, lute pelas suas causas. Você verá que há muita gente para encontrar nessa caminhada. Não transforme sua vida em um museu vivo, apegada ao passado e à lembranças que não voltam mais. Viva os momentos intensamente, aproveite tudo o que for possível, leve os aprendizados consigo e siga adiante. A vida é cheia de ciclos. A adolescência se vai, mas chega a vida adulta. Corra atrás de uma profissão, realize seus sonhos, construa sua própria família… isso só é possível se você se desapegar do passado e assumir riscos. Seja corajosa e pense que você não está sozinha nessa. Todos passamos por isso, seus amigos e familiares também passam ou passarão. Dê o seu melhor e verá que a cada dia que passa, a gente fica cada vez mais forte, para enfrentar desafior cada vez maiores! 🙂
      Um grande abraço

      Curtir

  3. Não sei se é medo de crescer ou, se foi uma infância tão bonita e alegre , tantos primos reunidos , que essa saudade que lateja sempre na memória faz eu querer poder reviver tudo denovo. As pessoas são muito diferentes de tudo que é imaginável acreditar quando somos pequenos. Saudade da pureza, da falta de malícia, saudade da época que minha única preocupação era acordar cedo pra assistir desenho animado no SBT. Só de escrever isso já me da um aperto no peito 😢😔

    Curtir

  4. Tenho 18 anos e estou desesperada vendo minhas amigas fazendo faculdade trabalhando etc e eu sempre pra trás com essa maldita timidez me atapalhando,tenho medo de não conseguir emprego e faculdade ( estou desempregada)e eu quero ser motivo de orgulho pra eles,tenho medo de ficar velha e não conseguir isso não achar alguem que me ame e não dar um neto ou neta para meus pais antes que seja tarde…tenho medo de quando meus pais comecarem a ficar com aparencia de velhos e eu ver que nao sao mas como antes. mas ao mesmo tempo não quero crescer eu não quero sair das” asas “dos meus pais..eu tenho medo que no dia que eles morrerem como que vai ser? Vou ficar sozinha 😥 talvez esse medo seja porque sou tratada como uma criança em casa e eu sei que não tenho maturidade para a vida adulta…inclusive eu não faço comida justamente porque não quero crescer eu não quero aprender a ter que lidar com a vida adulta eu dependo dos meus pais pra tudo so de pensar que um dia todos que eu amo vão me deixar sozinha meu coração não aguenta 4:30 da manhã estou eu aqui chorando por tudo isso

    Curtir

    1. Thayna , calma !
      Você está colocando muito obstáculo na frente. Me parece que você está sofrendo por antecipação meu anjo.
      A vida é tão bonita, quem disse que você precisa cumprir a risca todas essas “questões” que a sociedade impõe de 1° cresça , estude, faça 18 anos , case , tenha filho antes dos 30 e assim vai..?
      Saia com suas amigas , namore , faça cursos de aperfeiçoamento, estude outra língua, viage , guarde o máximo de grana que conseguir juntar enquanto mora com teus pais , pois a unica coisa que te digo de pessimista em relação a sair de casa , é : falta de dinheiro, conta atrasada e desemprego , trazem infelicidade, por isso , esteja preparada.
      Quanto a eles morrerem , não pensa nisso. Abrace , beije muito os dois e diga que os ama. Faz enquanto estão vivos. Perdi meu pai quando pequena, é um vazio horrível, tem dias que choro a noite inteira, mas é mais por remorso de não ter tido coragem de dizer o quanto eu amava ele..
      Fica com Deus, Abraço e felicidade ♡

      Curtir

    2. Thayna,
      crescer faz parte da vida e, para crescer, não basta esperar o tempo passar, você também precisa contribuir ativamente para que isso aconteça. Identificar o quanto você é dependente dos seus pais e assumir isso já é um passo enorme. Tente não se comparar tanto com as suas amigas. Pense que enquanto você está parada observando tudo o que elas fazem e alcançam, você está inerte. Esse papo de que é melhor não arriscar para não perder o que se tem não funciona na lógica da vida. O tempo se vai, oportunidades se perdem e pessoas partem da nossa vida, sem que possamos controlar isso. Portanto, cabe a você deixar de assistir a tudo isso passivamente e se arriscar em tentar. Tente estudar, tente procurar um emprego, tente conhecer pessoas. Isso não vai acontecer sentada no sofá. Em primeiro lugar, tente fazer algo para se orgulhar de si mesma. Isso vai ajudar a melhorar sua autoestima e, quem sabe, contribua para que você se comunique melhor com as pessoas à sua volta. Quando sentimos que não acrescentamos em nada, tendemos a ficar calados, escondidos na nossa própria sombra, fechados e intimidados. Invejar tudo o que o outro tem e você não só vai te deixar ainda mais para baixo.
      Tome coragem para dar o primeiro passo. Comece com coisas simples, como por exemplo, mostrando aos seus pais que você não é mais criança. Surpreenda-os dizendo que limpará a casa, fará as compras no mercado ou fará a sobremesa no final de semana, mesmo que seja um bolo de caixinha. O importante é tentar e, aos poucos, descobrir que você é capaz. Não use seu medo como muleta para não tentar.
      Enxugue as lágrimas. Tente. Não se torne refém de si mesma. Você verá que é possível!
      Mande notícias!
      Estou torcendo pelo seu sucesso. Abraços!

      Curtir

  5. estou fazendo 18 anos e me sinto como se tivesse 12, esta sendo muito dificil pra mim pois sou muito timido e passei a ter sindrome do panico, desde de pequeno também eu sofria de bully acabou gerando todo esse mal, começei a ter depressão aos 15 até hoje sempre com vontade de suicidio mas ainda estou sendo forte, fiz um curso e me ajudou bastante a perder a timudez mas quero evoluir mais, e todos que estão passando pela mesma ou situação parecida é que ñ desista mesmo que todos tenham te abandonado. “não posso vencer, mas tambén não posso ser vencido” -nikka costa.

    Curtir

  6. Quando eu tinha 10 anos, minha maior vontade era ter 15 e poder fazer várias coisas que eu e minhas amigas achávamos que era legal. Agora tenho 17 e daria tudo pra chorar pelo meu brinquedo quebrado, ou pelo joelho ralado, é muito melhor que chorar pelo cara que não soube retribuir o que eu senti. Como é bom ser criança, em qualquer situação sabe brincar, depois que ficamos mais velhos nem quando estamos bem, aproveitamos da forma que deveríamos. Mas como não podemos parar o tempo, o que podemos fazer é ser leve e descomplicado pra enfrentar as dificuldades do dia a dia.

    Curtir

  7. eu to passando pelo medo agora, eu tenho 15 anos e sinto falta dos 13 mesmo sendo pouco tempo fico nervoso por ser um adolescente e preferia quando era pré , nem criança nem adolescente e tb foi uma boa época da minha vida, minha mãe teve problemas de saúde me afastei emocionalmente dela e ela mudou bastante, minha familia quase sempre entra em alguma doença, to sempre com medo, meu melhor amigo se afastou e parou de falar comigo por um tempo , sempre me sinto sozinho, não consigo dormir direito sempre tenho pesadelos, fico pensando e sentindo falta da época q eu tinha 4 anos e tava vendo Harry Potter , não imaginava q as coisas iam mudar tanto, tive muitas perdas de pessoas queridas , não pq se afastaram, mas sim pq partiram dessa vida, não consigo viver o presente só penso no passado e no futuro e pensando q essas memórias eu posso acabar esquecendo, e que tudo q eu gosto agora eu tb posso esquecer, e tb tem um ator q sou mt fã e tenho medo de morrer ou ele morrer e não conhecer ele, quero muito isso , porém estou sempre em duvida, meus pais não entendem falam q é uma fase e q é td bobagem , sei q é uma fase , mas eles deviam ta me apoiando e me ajudando e não me julgando. e agora vou para o ensino médio onde o meu medo fica pior.

    Curtir

    1. Pedro, eu sei bem como é. Já passei por isso, e pra piorar, eu sou o tipo de pessoa que sofre antecipadamente, as vezes eu ainda estou com alguém, mas quando descubro a possibilidade de eu me afastar dela, meu mundo desmorona.
      Eu diria que a única saída pra isso é que em vez de você pensar ” que droga, já sou um adolescente!” Você pense ” que foda! Eu ainda sou um adolescente!”. Porque no final, a gente ainda tem muita coisa pra viver, e nem tudo vai ser bom, mas nem tudo será horrível. A questão é você olhar as coisas pelo lado positivo, viver cada dia o máximo que você puder, porque no final das contas, talvez ainda sejamos todos crianças no nosso coração. Sobre você ter perdido muitas pessoas, não há uma saída pra isso. Você deve simplesmente adicionar outras, porque muitas outras pessoas ainda virão, outras irão embora. É inevitável.
      Bom, é isso. Espero ter ajudado

      Curtir

  8. Eu sempre olhei para a vida como um jogo de xadrez, que é um jogo de guerra… fui atras do meu sonho, (hoje tenho 25 anos) passei por obstaculos, vergonhas, tristezas, depressoes, medos, infernos, que poucos adultos que se dizem maduros passaram… mas realizei o meu sonho, e até senti aquela felicidade inicial e falsa de quando voce tem um objeto imaginario chamado” sucesso” , é triste ver que o objetivo de vida de uma pessoa é se tornar alguem… pessoas inteligentes buscam qualidade de vida e privacidade, idiotas buscam sucesso, ser visto como “alguem”… ridiculo… mas é o que te ensinam, esse é o desejo de quem se sente inferior… “ficar famoso”, aquele que é reprimido, e fraco, aprendam uma coisa, sonhos sao apenas sonhos,… eles nao podem existir… apenas parecem existir… parece algo muito real porque nesse mundo todos pensam a mesma coisa… e isso “se tornou real”… a tv, a internet, as obrigaçoes o ENEM, o inferno e os sonhos… eles dizem… prove o seu valor!…. mas a vida em si nao exige isso, quem exige é o homem… pois a realidade pura é o paraíso, quem estragou o mundo foi o homem com sua moral e obrigaçoes, pois esta vida ja é o paraiso, voce nao precisa provar nada, a propria natureza do homem é desfrutar, a sociedade é um grande delirio, uma mancha negra, uma alucinaçao… a saida mais coerente é se adaptar mas… a verdade é que a sociedade é um sonho maligno, um desvio da realidade, e esta perda de contato com a realidade gera o sofrimento em nós que estamos dentro o octavarium e sujeito as suas leis e delirios… sentimos que falta algo… e nesse momento, nossos sonhos parecem ser a soluçao, mas o que nos falta é o contato direto com a realidade e a unica soluçao é parar de sonhar… nos mantemos ocupados para realizar nossos delirios enquanto envelhecemos… e a vida acaba, sem voce desfruta-la… igual a galera deste forum, observe um bebe recem nascido ele precisa de sonhos? a vida é um desfrute por si, voce nao precisa fazer nada, o que acontece é um mal entendido, é um delirio geral, nao importa qual é o seu sonho, nada vai mudar, cabaços.

    Curtir

  9. Eu tenho 20 anos, ja estou perto de meus 21, mas depois da experiência que tive de ir pra longe da minha mãe, adquiri um medo tão grande de crescer, de ir em busca de uma vida, sei que minha mãe nao vai durar pra sempre, mas sem ela nao sei o que faria, meu pai nao liga pra mim, e o resto da família também, assim é também com minha mãe, ser considerada a ovelha negra da família é duro. Mas não sei o que fazer e também como fazer pra superar isso. Tenho medo de deixa-la só, assim como tenho medo de ficar só…

    Curtir

  10. Eu também passou por isso eu tenho 18 anos,eu estou ficando loco só de pensar que eu vou ter
    19 anos fico doido.Botei na minha cabeça que não quero ficar velho,antes eu vivia dizendo,ai eu eu quero fica velho logo,agora esta eu aqui não querendo fica velho,eu estou na oitava serie é não sou inteligente,tenho muitos problemas na minha vida.Imagina vou ter que leva um peso vida de adulta pra min é tão serio,se eu pudesse volta com meus 15 ou 14 anos eu voltava poderia ter uma maquina do tempo,serio,eu ia amar,mas infelizmente não tem,alem de tudo eu sou tímido.Nunca namorei,só perdi o bv foi com meus 17 anos,ate que eu namorei só que pelo virtual,porque eu tenho medo de me apegar,fico sempre dentro de casa,mas enfim não quero fica velho.

    Curtir

    1. Boa noite cara! Eu me identifiquei com a sua história, também passo/passei por algumas coisas assim. Eu tenho 17 anos e vou fazer 18 esse ano, e verdadeiramente… eu não tenho vontade nenhuma. Não penso em me matar ou algo assim, mas tenho receio do que pode vir na vida adulta. Me manda um e-mail pra gnt conversar, abraço e fica na paz!

      correia.barcelos.vitor2012@bol.com.br

      Curtir

  11. oi…meu problema é um pouco parecido com o de vcs, mas perdi minha mae quando tinha 9 anos…e desde lah nao me sinto bem morando com a minha tia…sinto medo de naw consegui o q quero…i o problema é exatamente esse nao sei o q quero pra minha vida…me emocionei com a historia de cada um de vcs…está faltando 8 dias pra eu fazer 18 anos…nesse ano tô terminando o ensino médio…ii eu só penso q eu naw vô consegui nada nem ao menos termina-lo…i o q vou fazer quando terminar o ensino médio????

    Curtir

    1. Não faça desse momento uma pedra no seu caminho. Crescer faz parte da natureza humana. Tente definir um objetivo de cada vez. Terminar o Ensino Médio já basta como meta. Não é porque todo mundo já definiu uma profissão e pretende iniciar a faculdade no ano seguinte, que você também tem que fazer o mesmo. Respeite seu tempo. Melhor esperar um pouco mais e fazer uma escolha mais acertada, do que se aventurar em um curso qualquer pela simples pressão de ter que seguir a maioria. Conhecer a si mesmo é a melhor maneira de descobrir para onde seguir.

      Reflita, tente identificar o que é importante pra você, pense como gostaria de ser reconhecido e o que gostaria/poderia fazer a fim de contribuir para melhorias no meio em que você vive. O mundo dos adultos requer um pouco de coragem para conviver com incertezas que só o tempo é capaz de desvendar. Não se intimide, tenho certeza que você vai conseguir!

      Um grande abraço

      Fernanda

      Curtir

  12. Oi!… Bom, eu sempre tive problemas com depressão e ansiedade. Desde que me conheço por gente, mas não acho conveniente entrar em detalhes. O fato é que isso acarretou um medo monstruoso de crescer, por diversos motivos, extremamente pessimistas. Faço terapia e tomo medicação há alguns anos, não sei se esse é meu único problema, aliás, nem sei se é esse meu problema real. (voltando ao tópico) Nunca quis chegar aos 18 anos; quando cheguei estava em uma fase boa, não me importei muito, mesmo não estando muito à vontade com isso. Quando entrei na casa dos 20 também não gostei, mas me considerava ainda perto dos terríveis 18. E fui levando assim. Recentemente, menos de um mês, fiz terríveis 28, me considero já na casa dos 30. Já andava bem ruim das minhas crises. As terapias e os remédios não andam fazendo efeito e toda a crise de idade veio a tona. Meus medos eclodiram. Me sinto num limbo, ando nas ruas me comparando a todos, e, para mim, todos são mais jovens. Não tenho vontade de viver. Não tenho perspectivas. Apenas choro e tenho pensamentos suicidas.

    Curtir

      1. fica relax, eu tenho 34 com cara de 16 e to fudido o tempo inteiro pq não consigo me mostrar, sou timido, tenho medo das responsabilidades até hoje. nao sei fazer quase nada de adulto, me sinto uma criança e tenho medo de começar, vergonha. mas se eu nao começar de verdade morrerei de agonia ou entrarei em panico e terei de ser internado novamente, acredito. até que isso seja tao forte e eu quase me mate por nao sair desse impasse.to pra ver alguem com mais de 30 se sentindo uma criança que só quer carinho. e olha que tive muito, vai ver ese foi o problema, nao aprendi pois nao me impuseram isto, sempre me deixaram fazer o que eu sempre quis, e até hoje é assim. e eu tamém nao consigo fazer por conta propria, me sinto um imbecil hoje. espero outro dia voltar aqui pra contar outra experiencia

        Curtir

    1. As vezes pensamos que tudo o que acontece ou o aconteceu conosco e com os outros é nossa culpa, tenho esse mesmo medo que vc… Penso em nao viver mais, mas ao mesmo tempo penso nas pessoas que estão ao meu redor, mas a dor é tão grande e forte, alem de tomar conta de nossa cabeça toma conta de nosso coração também, tornando nossa vida um mar inundado de sentimentos de fracasso e angustia. O meu maior medo, é de arranjar um emprego e ficar dependendo dele, nao sair pra nada, nao ter outras oportunidades, e de nao me cuidar sozinha, por que eu acho que realmente eu não sei cuidar de mim mesma.

      Curtir

  13. Eu tenho um filho de 19 anos q tem medo de crescer e fala isso pra mim. Sua fuga é nas drogas, ele consegue ótimos empregos, faz ótimo trab, mas mesmo com sucesso, ele sabota tudo e volta usar cocaina. Passa dois meses, já é outro, sem produtividade e perde o emprego. Faz tratamento psiquiátrico, ansiedade, compulsividade ou bipolar, ou hipertimico. Ou só um jovem q não quer assumir responsabilidade. Não quer cuidar da pp vida. Insiste em ser cuidado. Por favor me ajude.

    Curtir

    1. Acho que vc poderia dar um longo abraço no seu filho e dizer a ele o quanto o ama, e quando vc não tiver mais perto dele, onde quer que a senhora esteja a senhora vai olhar pra ele e vai cuidar dele… Ele precisa saber e também entender que a senhora nao vai estar ai pra sempre pra cuidar dele. Dê um abraço forte nele, e converse.

      Curtir

  14. bem, por onde começo, fiz 18 e tenho medo de crescer, a verdade é que nenhuma criança aproveita sua infancia, pois quando criança queremos fazer o que os adultos fazem ser independentes sem regras ou sermoes, mas a verdade é que quando chegada a hora desejamos entrar na historia do peter pan , onde as crianças nunca crescem, só quem passa pelos 18 sabe como é agoniante cada noite saber que um simples sorriso ou um olhar que antes era inocente aos nossos olhos, e que agora sabemos que iremos perder mesmo que aos pucos. o meu medo de crescer é um buraco que não se pode ser preenchido, e a minha fuga contos de fadas….

    Curtir

    1. Oi Ana,
      apesar das dificuldades e frustrações que crescer implica, não esqueça que as obrigações do mundo adulto chegam inevitavelmente à nossa porta. O mais importante é se conhecer melhor, se dar conta das suas limitações e jogar o jogo dos adultos com as suas melhores armas. Pense que, assim como você, há milhões de adultos que também tem medo de serem adultos, apesar de todos se esforçarem para não demonstrar suas fraquezas.
      Boa sorte na sua caminhada!
      Fernanda

      Curtir

      1. obrigado, Fernanda suas palavras foram ótimas me confortou muito, espero que voce continue com esse trabalho maravilhoso e ajudando as pessoas encontrar seu proposito

        Curtir

  15. Hoje estou fazendo 18 anos, e descobrir que tenho medo de crescer, medo do futuro, de encarar a realidade, chegou o momento de sair debaixo da saia da mãe, de ser independente. Tenho medo, um medo que me consome, medo de errar, medo de me magoar, medo do futuro. Apesar de ser o dia do meu aniversário, não me sinto feliz, pois não tenho pespectiva de vida, sinto-me triste, sem alegria, tenho medo de mudar, medo de ser feliz. Fazer 18 anos não foi aquilo que gostaria que fosse!

    Curtir

    1. Liam, repito pra você as palavras de Cora Corlina:
      “Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri que no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.”
      Errar é melhor do que não tentar!

      Curtir

  16. Quando pequeno, queria crescer rapidamente, e ser logo de maior para fazer o que eu quizesse, mas quando fiz 18 anos vi que não era como queria, aí queria ser criança de novo, são muitas responsabilidades para quem não aprendeu a crescer. Mas a vida te ensina, e com ela cresceremos mais e mais.

    Curtir

  17. Depois dos 18 anos começam as cobranças, responsabilidades e obrigações. Quando agente é novo nossa única obrigação era estudar e mesmo assim muitos reclamavam. Mais depois dos 18 começa as cobranças para trabalhar e tudo mais. Eu pelo menos sempre me cobrei demais, eu sou a pessoa que mais cobra, meus pais mesmo nem tanto. Eu tinha fobia, medo mesmo de trabalhar eu ficava com tanto medo que passava mal no emprego, comecei a tentar entender o motivo daquele medo todo que fazia eu não ficar muito tempo nos empregos e vi que meu medo mesmo era de crescer, medo de ser criticada, medo de fracassar de não ser boa em nada de não corresponder as expectativas que o empregador pôs em mim ao me contratar. Quando eu comecei a entender, melhorei, aos poucos fui perdendo esse medo e fui vendo que a vida não é assim e que o fracasso faz parte do crescimento e que você sempre será criticado por qualquer coisa, sempre terá alguém para te criticar. E é assim que você vai aprendendo e melhorando e se superando a cada dia. Eu achava que só eu tinha esses problemas, mais vi que não e também vi que se continuasse com medo eu nunca iria avançar.

    Curtir

  18. Hoje tenho 31 anos, tenho 03 filhos lindos, 2º casamento, e estou decepcionada com a vida. Eu era toda certinha e tinha muita fé de que isso me daria um bom futuro – foi isso que aprendi. Mas não foi muito bem assim. Não vejo graça na vida, e temo pelos meus filhos pois não sei se ensino a maravilha da fantasia ou a verdade dura e cruel.

    Curtir

  19. Concordo plenamente..Eu mesma procurei na internet ( Medo de crescer e encarar as responsabilidades ) pois eu estou passando por isso…Tenho 19 Anos, e tudo oque eu sonhei em fazer com meus 18 anos, não se concretizou…Já estou com 19, e sinto muito medo de encarar as coisas como elas realmente são…Percebi que o amor, muitas vezes machuca…Que os amigos traem…E que os pais não são herois… E isso é muito triste…. Mas não podemos voltar no tempo, e ficar chorando porque queremos uma boneca nova,um carrinho novo,Agora, choramos com motivos, que muitas vezes, não tem solução……. E nem ligamos a tv para assistir ALICE NO PAIS DAS MARAVILHAS….agora,ligamos a tv, e oque vemos eh uma midia destruidora de principios…guerras,mortes….Não é facil crescer….
    Agora, choramos com motivos, que muitas vezes, não tem solução….

    Curtir

    1. Pois é Danielle! Crescer é vencer esses obstáculos e ainda conseguir transformar todas as decepções em algo positivo e construtivo, para você mesma e para os outros. Mas o fato, é que você não é a única a passar por isso e, junto com pessoas em que confiamos, seja amigos, parceiros de universidade, namorado(a) etc… conseguimos nos sentir um pouco mais fortes para seguir em frente.
      Apesar das dificuldades, uma coisa é certa: cedo ou tarde, todo mundo encontra seu caminho e vale mesmo muito à pena! Não desista!
      Bjs
      Fernanda

      Curtir

      1. Amor eu já descartei da minha vida… com tudo o que eu passo, não vale a pena perder tempo com isso. Enfim, gostei das suas palavras nesse comentário, parabéns pelo trabalho.

        Curtir

  20. Pensei que depois dos 18 ia ser só maravilha, que depois de passar em uma faculdade minhas preocupações iriam acabar, foi só engano meu, foi ai que eu comecei a me cobrar mais, muito mais responsabilidades, pois ao contrário dos meus amigos que terminaram o ensino médio e decidiram ir trabalhar, eu decidi uma coisa melhor pra mim e fui fazer uma faculdade, foi ai que eu tive uma certa dificuldade de me encaixar, pois tive que mudar de cidade , ficar longe dos meus amigos, família, muitas dúvidas ainda sobre o que eu queria pra minha vida, mas agora que eu estou no segundo ano da faculdade já esta tudo se encaixando na minha vida, estou me esforçando pra fazer esses desafios se tornarem oportunidades e graças a Deus eu estou conseguindo viver com essas responsabilidades, e em vez de só me fazer cobranças, eu prefiro tomar atitudes para reverter a situação. Gostei muito do seu post, que bom que não fui só eu que passei por isso !

    Curtir

    1. Oi Lucas,
      Pois é, não só você, eu, mas muito mais gente imagina que fazer 18 anos é solução de todos os problemas e frustrações que nos aflingiram durante a infância e a adolescência. Mas, o que muita gente não sabe, é que fazer 18 anos é apenas o começo de uma longa rotina de trabalho, estudos e responsabilidades.
      É interessante observar que, muita gente passa pela mesma situação, mas a correria do dia-a-dia e a cultura individualista nem sempre permite que a gente troque experiências como essa. Mas quando temos a oportunidade, vemos que a história se repete, não é mesmo?
      Obrigada por compartilhar sua experiência com a gente!
      Abraços
      Fernanda

      Curtir

Você também já passou por isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s