Envelhecer faz a gente pensar se ainda dá tempo

Correndo contra o tempo no "gentecomgente"O tempo passa e passa rápido!

E a velhice, é o período da vida em que, muita gente, finalmente tem tempo de olhar para si mesmo, de olhar para trás e de perceber as falhas que cometeu ao longo do caminho.

Então, de repente, chega o momento de tentar consertar tudo o que não deu certo, de tentar suprir a ausência por ter se dedicado tanto tempo ao trabalho e de, enfim, aproveitar a vida. É nesse momento, que muita gente se depara com perguntas como:

Tempo da vida no "gentecomgente"– Será que ainda há tempos suficiente para fazer tudo o que eu quero?

– Será que ainda é possível corrigir as falhas do passado?

– Será que já não é tarde demais para começar de novo?

Por isso, nesse período da vida, muita gente entra em crise existencial.

Na infância, a gente se ocupa em descobrir o que o mundo tem a nos oferecer; na adolescência, tentamos entender como a gente, o mundo e as pessoas funcionam e na fase adulta, tentamos construir nosso próprio mundo, uma carreira, uma família. Tanta atividade nem sempre nos permite pensar, antes de fazer tudo isso, se estávamos indo na direção correta.

Linha do tempo no "gentenogente"E em uma sociedade em que ainda somos ativos aos 50, 60, 70 anos, quando finalmente paramos para pensar nisso tudo, algumas vezes o tempo pode parecer curto demais. E o drama “não vai dar tempo”, que nos perseguiu a vida toda, continua a ser um fantasma que nos assombra.

velhice no "gentecomgente"Na infância, o tempo nunca era suficiente para concluir o dever de casa no prazo certo; na adolescência, o tempo nunca era suficiente para aproveitar, ao máximo, as festas e a companhia dos amigos; na vida adulta, o tempo nunca era suficiente para concluir as pendências do trabalho e para aproveitar o tempo com a família e, na velhice, de novo, não há tempo suficiente para concluir todos nossos projetos de vida.

E, então, fica a pergunta: – Afinal, quando é que teremos tempo para nós mesmos?

Leia também:

Texto por Fernanda Suguino. Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida com citação obrigatória do link de origem.

Anúncios

Autor: Fernanda Suguino

Fascinada por gente que pensa, questiona e desafia a si mesmo. Psicóloga formada pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em Psicopatologia pela NAIPPE/USP.

3 comentários em “Envelhecer faz a gente pensar se ainda dá tempo”

  1. Só podemos ter tempo pra nós mesmos agora! Estou com 42 anos, e só com essa idade percebi que meu tempo de gastar minha cota da vida é agora! Sempre foi agora, mesmo quando eu só tinha 16 anos! Eu não percebia, mas tudo bem… ao menos eu percebi agora, pois a vida é agora!
    O que passou não volta mais, e o que virá ainda não chegou. As pessoas costumam viver apenas o passado e o futuro, esquecendo-se que o PRESENTE é o único tempo que elas têm!
    Infelizmente, a cultura ocidental nos ensina que o PRESENTE não vale nada, no que está totalmente errada! Todas as instituições de ensino, religiosas, públicas, a família, etc., só nos dirigem pro futuro e pro passado, a verdade é essa! Para elas, nosso PRESENTE nada vale, não somos nada em si mesmos! Temos que preencher alguma condição para podermos “ser alguém”, ou temos que já ter alguma condição já preenchida! As pessoas querem nos fazer esquecer que JÁ SOMOS E ESTAMOS AQUI O TEMPO TODO, E QUE A VIDA SÓ ACONTECE AGORA!!!
    Não sei até hoje por que as pessoas preferem seguir esse caminho babaca! Eu mesmo fui um babaca por 42 anos, admito, confesso e abraço pra mim essa responsabilidade! Mas agora vi que tenho muito tempo pra me refazer, e estou me desenredando dessa teia morfética em que o “mundo livre” vive! Pra mim, nós mesmos temos que construir nosso tempo e nossa liberdade! Felicidade nunca foi algo pra se procurar! FELICIDADE É COISA PARA NÓS MESMOS CRIARMOS!!! Se não criarmos, quem o fará por nós? Os babacas do século XXI, que pensam que estão “livres”, devendo tantas satisfações para os outros ainda, e não tomando a responsabilidade por suas vidas pra si?

    Curtido por 1 pessoa

Você também já passou por isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s